31 de out de 2011

Aurora

     Em 1934 nascia, em Barão de Cotegipe (RS), o líder e fundador da Cooperativa Central Aurora Alimentos, Aury Luiz Bodanese. A história do fundador da Aurora se confunde com muitas outras vividas por imigrantes que na época iam para o oeste de Santa Catarina em busca de novas perspectivas de vida. Logo na infância começou a trabalhar como vendedor de frutas e entregador de jornal. Aos 15 anos era motorista de caminhão e com 20 anos prestou serviço militar em Uruguaiana.
   Em 1967, assumiu a presidência da Cooperativa Mista Agropastoril de Chapecó, mesmo ano de falecimento de seu pai, Guilherme Bodanese.
     No ano de 1969, Bodanese e representantes de cooperativas da região oeste, deram início à Cooperativa Central Aurora Alimentos, tendo Aury como presidente.18 homens representando 8 cooperativas do oeste de Santa Catarina, se uniram para melhorar as condições dos produtores de suínos e conseguir mais espaço no mercado. Desse gesto nasceu a cooperativa produtora de alimentos Aurora. Um ano depois da fundação, a Cooperativa já adquiriu 22 caminhões e começou a utilizar o lema “Cereais de Santa Catarina para Alimentar o Brasil”.
     Em 18 de outubro de 1973 foi inaugurada a atual IACH - Indústria Aurora de Chapecó. Logo no ano seguinte deu início à produção de ração.
     Em 1974 Bodanese articulou a criação da Cooperalfa, fundindo as cooperativas de Chapecó e Xaxim. Logo em 1975, já era a maior cooperativa singular do Brasil. Nesse mesmo ano Aury colaborou com a fundação da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado de Santa Catarina.
     Em 1982, a empresa adquiriu o Frigorífico Peperi de São Miguel do Oeste e da marca Peperi. Em 1984, é dado início da produção de sucos concentrados em Videira, com a marca Dellis.
     Em São Paulo, a cooperativa chega em 1987, com a inauguração da Filial de Vendas de Guarulhos. Em 1988 é inaugurado o Frigoaves de Maravilha (SC). Quatro anos depois, em 1992 é inaugurado o Frigorífico Aurora Chapecó I.
     Em 1996, duas novas unidades sãi inauguradas. O Frigorífico Aurora de São Gabriel do Oeste (MS e o Frigorífico de Quilombo (SC). Em 3 de julho de 1997 entra em funcionamento o SIF dessa unidade.
     Quase 30 anos após ter assumido a presidência da Cooperalfa, Bodanese deixa o cargo (1997).
     Em 2000, é inaugurada a Indústria de Sucos em Pinhalzinho (SC) e em 2001 é a vez da inauguração da Fábrica de Industrializados junto ao Frigorífico Chapecó I. O Frigorífico Aurora de Joaçaba (SC) foi inaugurado em 2002. Em 10 de abril do mesmo ano foi feita a incorporaçãodo frigorífico de Sarandi (RS).
     Em 2004, a Aurora procede o arrendamento do Frigorífico Aurora Chapecó II (da massa falida da Chapecó Alimentos).
     A entrada da empresa na área de lácteos também acontece em 2004, com o lançamento da marca Aurolat, em Santa Catarina.
     Nos anos 2005 e 2006, a Aurora faz parceria com a Cotrel, onde arrenda dois frigoríficos, um de aves e um da suínos e uma fábrica de ração. Nesse período também adquire a marca Nobre.
     Em 2007 a Aurora extingue as atividades com sucos em Pinhalzinho (SC) e dá início às atividades da indústria de lácteos.
     Um Centro de Distribuição é inaugurado em 2008 em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Nesse mesma ano a empresa faz a revitalização da Fundação Aury Luiz Bodanese.
     Em 2009 é inaugurada a fábrica de rações de Cunha Porã e, no ano seguinte, faz o arrendamento da Avepar de Abelardo Luz e da fábrica de rações da Avepar de Xanxerê em Santa Catarina.
     A inauguração da industria de lácteos de Pinhalzinho ocorre em 2011.
     Em 2013, a Aurora adquire o Frigorífico Bondio, atual Frigorífico Aurora Guatambu. Nesse mesmo ano a empresa arrenda o Frigorífico Aurora de Xaxim (da massa falida da Chapecó Alimentos).
     A reabertura do Frigorífico Aurora Joaçaba, cujas atividades estavam interrompidas desde 2011, é realizada em 2014.
     Em 8 de março de 2017, a Aurora Alimentos anuncia a compra de frigoríficos da Corel por R$ 108 milhões.
     Hoje, a Aurora é a maior cooperativa produtora de alimentos do Brasil e referência mundial na tecnologia e processamento de carnes. Através da cooperação a Aurora equilibra seus objetivos empresariais com o compromisso social, e esse trabalho, baseado na política da coletividade e na partilha dos resultados, reflete no seu dia a dia com produtos de alta qualidade, valorização no campo e na cidade e cuidados com o planeta.
     A família Aurora é formada por 13 cooperativas filiadas, mais de 70 mil famílias associadas, mais de 25 mil funcionários da Aurora Alimentos e mais de 8 mil empregados das cooperativas filiadas ao Sistema da Cooperativa Central Aurora Alimentos. Com gestão participativa, atua na industrialização e comercialização de carnes suínas, aves, lácteos, massas, vegetais e suplementos para nutrição animal. As unidades industriais, comerciais, granjas e distribuidores estão por todo o Brasil, fazendo a hora mais gostosa de milhares de famílias.
(Fonte: site da empresa / jornal Diário Catarinense - 08.03.2017 - partes)

Nenhum comentário :